quinta-feira, 30 de maio de 2013

Cisto da Bolsa de Fabrício


Cistos da Bolsa constitui sem sombras de duvidas um dos achados anatomopatológicos mais comum do órgão. São bolsas arredondadas como mostra as fotos ao lado na região da bolsa de Fabrício, os quais podem atingir alguns centímetros de diâmetro, e estão revestidos de uma membrana clara e pouco transparente, contendo líquido aquoso no seu interior.







Nenhum comentário:

Postar um comentário