quinta-feira, 5 de maio de 2011

Sertolioma em um cão adulto.


Também denominado tumor de células da sustentação, adenomas ou carcinoma sertolioma. Encontram-se com frequência em testículos retidos na cavidade abdominal, porém podem achar-se presentes no testículo escrotalcomo no caso apresentado. O testículo oposto, sem estar afetado é invariavelmente hipotrófico. Mais de 25% dos sertoliomas produzem sinais de feminilização no cão, alopécia simétrica bilateral, aumento das mamas, aumento da próstata, e atracão por outros machos. Macroscopicamente o tumor aparece em forma de uma massa lobulada, de cor amarelo acinzentado, e gorduroso. Pode aumentar muito o tamanho dos testiculos como é o caso em que abordamos. A superfície de corte esta composta de numerosos túbulos repletos de células de sertoli separadas por tabiques colágenos grossos como mostra o corte histopatológico ao lado. Cresce primariamente por expansão e raramente dá metástase. A castração é curativa. Cita a literatura que esta neoplasia é exclusiva do cão, mas tem um trabalho de seminário em aves sobre sertolioma em frangos de corte de 42 dias de vida descrito na Universidade federal de Uberlândia, na data de 1984.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário