sábado, 19 de maio de 2018

Carotenose hepática em cão


A coloração acentuadamente amarela do fígado em geral resulta de metamorfose gordurosa ou esteatose. Todavia o fígado mostra uma peculiar coloração amarelo-esverdeada em casos em que armazena caroteno em excesso. Em tais casos, presume-se que o caroteno não é metabolizado devido alguma lesão tóxica das células hepáticas. O fígado com icterícia por obstrução tem um aspecto semelhante. A diferenciação entre carotenose e a ictericia pode-se fazer tomando fragmentos do fígado e colocando-os em mistura de água e éter. Após agitar bem nota-se que o éter, como é mais leve,  fica na porção superior com cor amarela se for caroteno; pelo conttrario, se houver icterícia, a água é que ficará corada pela bilirrubina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário